sábado, 3 de janeiro de 2009

Um carinho e uma canção



Não tem aquele ditado que diz que
“quem canta seus males espanta”? Pois é a mais pura verdade. O ser humano canta desde os primórdios assim como os bebês que exercitam a voz ao descobrir que podem emitir sons. O canto é utilizado para diversos fins: torna o trabalho das lavadeiras mais alegre e leve, facilita a alteração no estado de consciência, acalma as feras...
Falando em acalmar as feras, cantar acalma também as nossas ferinhas. As crianças adoram canções. Mas, a partir de quando podemos cantar para nossos filhos?
No sexto mês de gestação, o aparelho auditivo do bebê está começando o amadurecimento. Ele já pode escutar o som da sua voz a partir do sétimo mês da gravidez. E vai adorar ouvir você cantar especialmente para ele. Eu cantava para minha filha enquanto caminhava pela rua. Mas tome cuidado com o tipo de música que cantar! Músicas do tipo “Atirei o pau no gato” e “O Cravo brigou com a Rosa”, não são recomendáveis! Preste muita atenção na mensagem que a música traz. Você não vai querer que o seu bebê fique agitado por causa do sentido violento dessas canções. Uma boa opção é mudar a letra das músicas originais para letras que expressem o que você tem a dizer a ele.
É comprovado que a música ajuda no desenvolvimento cognitivo do bebê. Também para as criancinhas de dois aninhos em diante, ajuda no processo de desenvolvimento da fala. Para as crianças maiores, aprender a tocar um instrumento é uma ótima atividade. Crianças que tocam algum tipo de instrumento tem maior facilidade para se concentrarem e isto reflete na vida e nos estudos.
Se você já escolheu o nome do seu bebê, você pode cantá-lo, como se fosse um mantra. Esse exercício é simples e vai conectá-la ao seu bebê de uma forma muito poderosa! O nome trás consigo a individualidade de uma pessoa. Existe um outro exercício que eu aprendi com uma amiga, a Bruxa Stephania, no qual você pode fazer um mantra com as vogais do nome dele (a). Também é uma forma forte de conexão com ele (a).
Canções de ninar acalmam os bebês e a voz da mamãe é sempre doce aos seus ouvidos. Eu particularmente canto para minha filha dormir até hoje. E ela já tem sete anos! Eu adoro cantar para ela e ela adora ouvir. Sua música preferida é “as Cores do Vento”, do filme Pocahontas da Disney. “As Cores do Vento” é uma música bem extensa e demorei um pouco para decorar, mas valeu à pena, pois ela adora. A banda britânica Inkubus Sukkubus gravou a música “Wiccan Lullaby” ou “Canção de Ninar Wiccaniana” em português. É uma linda canção com bênçãos e agradecimentos pela criança. A música diz “Mama's precious jewel, Daddy's rising star”.
Quando sua criança já souber falar, você pode cantar para ela cantos rituais e assim ela vai aprendendo para mais tarde, quando ela for participar de um ritual, vai saber acompanhar as canções. Não existe uma idade pré-determinada para que a criança participe dos rituais. Isto pode se dar desde muito cedo. Ou não. Na verdade, depende muito do grau de maturidade da criança. Mas a princípio, a idade escolar é um período propício, pois a criança já tem tamanho suficiente para saber ouvir e atender, para saber que o fogo queima, por exemplo, e que isto pode e que aquilo não pode. Na verdade, a mãe é que deve saber o que seu (sua) filho (a) pode ou não fazer.
Voltando a falar sobre canções, o Auditório Ibirapuera em São Paulo desenvolveu um projeto muito interessante, Projeto Acalanto, onde um grupo de pessoas reuni canções de ninar de várias culturas desde indígena até norueguesa. O link para pesquisar as canções é http://www.auditorioibirapuera.com.br/home_acalanto.aspx
Particularmente, como sou descendente de italianos, entrei nas canções desta origem e encontrei uma canção que fala da Befana “Se lo do alla Befana, se lo tienne una settimana”.
Depois de um dia agitado, quem não gosta de um banho bem gostoso, um carinho e uma canção?

Um comentário:

Cecy disse...

Nada como uma postagem doce como esta para ler pros meus pequenos!!! Sempre cantei canções para eles e já havia notado que a canção tem este poder mágico...parabens belo blog! é muito lindo!